25 de out de 2013

Receita pra curar um coração machucado

| |
   Todo mundo acha que sabe o que é a melhor solução pra um coração machucado. Uns dizem que é o tempo, o tempo curo tudo. Outros dizem que é outro amor, pra esquecer alguém é só amar outra pessoa. Mas ai quando você tenta seguir uma dessas, ou qualquer outra receita pra parar de sofrer, TCHANAM! Não funciona, as vezes só piora. 
   A verdade é que ninguém sabe o que fazer. Se alguém soubesse, provavelmente já teria ficado milionário, todo mundo se machuca as vezes e ninguém quer ficar sofrendo. Mas o fato é que ninguém sabe. Quando não é você quem teve o coração estraçalhado por outra pessoa é muito fácil dar conselhos inteligentes e receitas milagrosas. É a mesma coisa quando alguém quer perder peso, "é só parar de comer e correr 40 minutos todo dia". Aham, ok, fácil assim. 
   Só que quando somos nós caídos no chão, levantar, tirar a poeira dos joelhos e continuar andando não é nada realista. E sabe por que? Porque isso não acontece na vida real. Na vida real os cortes demoram pra cicatrizar, alguns deixam marca pra sempre. Na vida real engolir o choro as vezes é impossível, perdoar é uma das tarefas mais difíceis e confiar em alguém de novo não depende só de querer ou não.
   A vida real exige mais do que tempo, ou vontade. É preciso de vez em quando guerrear com uma parte de você que você nem sabe que existe. É preciso aprender a bloquear certos pensamentos, aprender a controlar o próprio subconsciente. E como fazer isso? Não sei. Ninguém sabe. Mas a gente tem que ir tentando, errando e tentando, até que alguma coisa dá certo. E ai talvez uma partezinha de nós comece a sarar. Aos poucos começamos a enxergar mais longe. Voltar a ser como era antes? Nunca. 
   Contradição da minha parte começar o texto dizendo que não tem receita e terminar dando uma. Exceto que não é uma receita. São apenas ideias que vieram na minha cabeça enquanto eu tento consertar o meu coração machucado. Ei, pare de procurar as respostas aqui. Elas estão ai ó, dentro de você mesma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente a vontade, mas lembre de deixar o link do seu blog para que eu possa retribuir. E nunca, nunca mesmo, faça "copia e cola" por aqui.
Comente aqui somente sobre o post, pra qualquer outro assunto use a página de contatos (:

Bjj
Carol